Agende sua consulta: (92) 99292-8866 | 3584-3377 | 3584-3376

Criptorquidismo

Criptorquidismo

Criptorquidismo é a ausência do testículo na bolsa escrotal. Pode ser uni ou bilateral, ou seja, ocorrer em um escroto ou em ambos. Na maioria das vezes, o testículo fica retido na região inguinal ou abdominal, mas pode ocorrer a agenesia (ter nascido sem testículo).

Tratamento

O tratamento pode ser realizado com medicamentos, que em geral são pouco eficazes. Assim, caso o tratamento medicamentoso não resolver o problema, a cirurgia é necessária, devendo ser realizada ao redor de um ano de idade da criança. Os testículos que permanecem fora do escroto após dois anos já apresentam lesões irreversíveis, que podem levar à infertilidade (impossibilidade de ter filhos). O criptorquidismo é uma das anomalias mais comuns da infância (ocorre em 3 a 4% das crianças), sendo ainda mais frequente nos prematuros (30%).

Pré-Agende sua consulta!